Ele acha tudo, menos o clitóris

Existem muitas reclamações das mulheres a respeito da estimulação dessa zona erógena pelos parceiros sexuais. E de tudo que já ouvi por ai, não sei o que é pior, se aquele que faz tudo errado, ou se é aquele que não te pergunta se está sendo bom.

Tem gente que entra no sexo pensando única e exclusivamente no seu prazer. E o fato de não se importar com o que a mulher pensa e sente a respeito das suas investidas para proporcionar prazer é grave!

Aposto com você que diversas vezes você estava “lá em baixo” arrasando (na sua opinião) e sua parceira estava pensando no trabalho dela, nos boletos para pagar segunda-feira, ou qualquer outra coisa, menos no fracasso que está acontecendo naquele momento.

Isso acontece porque a grande maioria das mulheres não fala, e a grande maioria dos homens não perguntam. E gente, ter liberdade para dialogar a respeito do que gostam ou não no sexo é essencial entre parceiros sejam eles de umas noites ou para vida inteira.

Precisamos conversar sobre o prazer feminino

sexo-oral-clitoris

Já que não podemos ler o pensamento uns dos outros, o melhor caminho é uma boa conversa. Só vamos combinar que não é para criticar e usar palavras que ofendam seu parceiro. O objetivo é expor algo que é uma necessidade, afinal, se pode ser melhor, porque não podemos nos esforçar um pouquinho de ambos os lados?

Claro, nessa hora vale consultar alguns sites que falem sobre o assunto sim. Vale comprar produtos eróticos que ajudem ambos a serem mais felizes na sua intimidade. Porque não procurar um especialista? Só não deixem por conta do tempo, pois problemas como esse culminam em separação ou em um relacionamento que não está suprindo as necessidades do outro.

A gente quer e precisa gozar!

Somos mulheres e queremos orgasmos com sexo oral, queremos as posições que estimulam o nosso clitóris sim! E também queremos dormir exaustas e satisfeitas após as relações sexuais.

Na hora H não nos importamos de dar prazer para o outro, mas queremos ter prazer também. Queremos gozar, chegar no ápice do prazer. E sim, ou vocês entendem isso ou perderão suas parceiras para alguém aberto e que compreenda.

A vida real não é um filme pornô então antes de repetir aquela cena onde o cara bate com pênis ereto no clitóris da atriz, pense se existe contexto para isso. E principalmente se a sua parceira está curtindo.

Você precisa ler: Orgasmo feminino, por que os homens não se interessam?

Não, ninguém tem o direto de achar nada

mulher-e-homem-se-beijando

Já temos pessoas o suficiente pensando que: é melhor enfiar os dedos, se der beijinho nas coxas ajuda, se lamber de baixo para cima quem sabe a mulher goste… Acham tudo menos o bendito clitóris, menos a opinião da parceira sobre o assunto. Fica difícil.

Clitóris é um pequeno amigo, que pode proporcionar uma verdadeira explosão de prazer para uma mulher. E a grande novidade é que cada uma sente no seu tempo, e em intensidades diferentes. Cada mulher é um universo a ser explorado!

Por isso ter um bom diálogo e preocupar-se em saber como o outro está se sentindo é extremamente importante e diria até que indispensável. Isso não é nojento nem banal, é pensar na saúde da relação de vocês.

Já passou do tempo de achar que o prazer feminino é um tabu ao ponto de não ser questionado, debatido, conversado. Afinal, se não discutirmos sobre o assunto vamos continuar no puro achismo.


Curta e deixe seu comentário!

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

COMPARTILHAR
Artigo anteriorA culpa não é da mulher
Próximo artigoCai de boca e deixa de mimimi [+18]
Sou psicóloga, escritora e produtora de conteúdo para internet. Mas também gosto de maquiagem, de séries, de cozinhar para os amigos, de cuidar dos gatineos, de amar as pessoas como se não houvesse amanhã e que claro, volta e meia guardar uns ranço porque ninguém é de ferro! Se você leu algum texto meu, por favor, expresse sua opinião nos comentários. Vou adorar o seu feedback!