Puta

Puta, safada, vadia

Puta, safada, vadia

Puta, safada, vadia

Puta, safada, vadia, é do que chamam aquela menina que caiu na NET. Puta, safada, vadia, é do que chamam aquela mulher, que transou com dois homens. Puta, safada, vadia, é assim que chamam aquela garota que viram transando no estacionamento da balada.

mulher-puta-safada-vadia-cama-triste-tumblr- Puta, safada, vadia

“Fodão!”

É assim que chamam o cara que divulgou na NET as fotos e vídeos da menina. Que transou com duas mulheres. Que “comeu” a garota no estacionamento da balada. Uma mesma atitude, dois julgamentos, duas sentenças diferentes…

Mesmo com toda liberdade e direitos que conquistaram. As mulheres ainda sofrem discriminação, principalmente, quando o assunto é sexo. Julgamentos pré históricos de homens e mulheres, mesmo que esses tenham telhados de vidro.

Condenam os desejos e as fantasias sexuais femininas, apedrejam por suas realizações.

Venha ler: Sou puta sim e quem não gosta é que tem que se resolver com isso

Não se importam se aquela puta, safada, vadia…

Seja uma filha exemplar, uma mãe protetora. Não se importam, se aquela puta, safada, vadia, for aquela menina que ajuda famílias carentes. Se for aquela mulher que leva carinho as crianças no orfanato, se for aquela garota que leva amor aos idosos no asilo.

mulher-triste-cama-puta-safada-vadia-caiu-na-net-tumblr- Puta, safada, vadia

Isso tudo enquanto, muitas das vezes, quem julga não contribui em nada por uma sociedade melhor.
Por favor, paremos de julgar! Vamos deixar homens e mulheres terem os mesmos direitos, de sentirem tesão, de terem desejos e fantasias sexuais. E principalmente, que tenham o direito de realizar suas vontades. Afinal, no sexo, só o que não pode é o sexo sem consentimento!

Leia mais

Medo de ser taxada de puta

Medo de ser taxada de puta

Medo de ser taxada de puta

Pra que esse medo de ser taxada de puta? Se tá afim, sentindo vontade, se joga. Não consigo entender esse medo das mulheres de não dar na primeira noite, ou muito pior, de fazer só algumas coisinhas e deixar outras de lado pra não ser considerada piranha. “Ah eu não deixei ele fazer isso né, foi a primeira vez”, Oi!?

O que o mundo precisa entender, e na verdade muito mais você, mulher, é que a única coisa que importa quando você vai transar com alguém é o que você quer e não o que alguém vai pensar de você.

Tenho certeza que esse texto pode ajudar você, leia também: Um brinde a mulher bem resolvida

Sexo é uma troca que exige entrega total, se não, pode esquecer, não vai ser legal. Quando você se priva de cair em cima, de lado, ou de boca, pela precaução de ser julgada você deixa de curtir o momento e de sentir o prazer por inteiro.

Me diz qual vai ser o cara que vai gostar de uma meia foda? Se você tá tão preocupada com a volta dele pra sua cama então garante o inesquecível. Senta mesmo, rebola como se não houvesse amanhã, assim ele vai lembrar de você por ser a melhor performance que ele já viu e não como uma menina que ainda não sabe o que quer.

Você não deve, NUNCA, se preocupar com o que os outros falam da sua vida

medo de ser taxada de puta

Nós mulheres vivemos nesse mundo machista, onde só os homens podem transar por aí, só eles podem falar de sexo, só eles podem inovar e pedir o que querem na cama. Não é assim que tem que ser mulher! Você tem desejo sexual, tem a necessidade de gozar, assim como qualquer ser. Então por que cargas d’agua você também não pode externalizar, conversar e aprender sobre isso?

Mas afinal, o que é ser puta? Não existe em nosso vocabulário o masculino de puta ou vadia, existe? Vagabundo seria? Acho que não. O homem vagabundo é o cara que pega geral, bonzão, cheio de marra. Já a puta é a mulher que pega o boy dos outros, que dá pra todo mundo, aquela que usa “saia curta” (AHAHAHA).

Uma outra coisa importante é você tomar cuidado com a própria boca nesse assunto. Chamar uma outra mulher de puta só contribui para que a própria sociedade nos entenda dessa forma.

Afinal, se ela é daquelas que pega o boy dos outros por puro prazer ela é mal caráter. E é isso que deve ser ressaltado, agora, se ela sai por aí dando pra todo mundo, o problema é dela! E na verdade, se ela fosse um homem, nem como problema isso seria tratado.

Porque eu, mulher, vou fortalecer essa ideia?

medo de ser taxada de puta

Puta é uma palavra que por si só já remete ao mundo machista que a gente vive. Eu não quero contribuir pra isso. Então também tomo todo o cuidado do mundo quando essa palavra sai da minha boca. Já tem tanto homem por aí fazendo o seu papel opressor, porque eu, mulher, vou fortalecer essa ideia? Não faz sentido nenhum.

Leia também: Sou puta sim e quem não gosta é que tem que se resolver com isso

Então, mulher, se desprende desse medo e vai viver a tua vida do jeito que você bem entender. Se quer dar dá, se não quer não dá. O que tem aí no meio das suas pernas é seu e de mais ninguém.

Se te chamarem de puta, foda-se, bota o batonzão vermelho pra jogo e sai rebolando mesmo, porque ninguém, absolutamente NINGUÉM, tem o DIREITO de te taxar de NADA.

Leia mais

Sou puta sim e quem não gosta é que tem que se resolver com isso

Sou puta sim e quem não gosta é que tem que se resolver com isso – safada – vadia – puta – Mariana Garcez-min

Sou puta sim e quem não gosta é que tem que se resolver com isso

Com quantos caras você já dormiu?

Parei de contar a partir do quinto! Se me perguntassem isso há uns anos atrás eu saberia responder. “Somente um”. Meu primeiro namorado, meu primeiro amor, meu primeiro tudo. E nessa época o que eu mais gostava de fazer, era julgar as meninas que perdiam as contas dos caras que já haviam transado.

Vejam só, aquele ditado de que a “boca fala e o c* paga”, procede! Hoje quem é taxada de puta sou eu. Que baita ironia do destino! Foi como se ele tivesse chego e dito: “Hoje quem vai apontar o dedo pra você, é a Mariana de uns anos atrás”. Que vergonha! Sim, já fui bem machista e se tem algo que eu me arrependa, é disso!

Leia também: Puta, safada, vadia

Aprendi com o passar dos anos, que não importa com quantos caras eu já fui pra cama. Isso não muda quem eu sou, muito menos me atrapalha em algo. Não vejo motivo algum pra eu ficar reprimindo desejos. Se eu tenho vontade de dar no primeiro encontro, eu dou.

“- Ah Mariana, mas assim o cara vai querer só te comer, não pode dar no primeiro encontro”.

Minha filha, deixa eu te explicar um negócio: não faz diferença se tu fizer sexo no primeiro ou no décimo encontro, se o cara só quer sexo contigo, ele faz no décimo encontro e te larga, simples assim. E se ele quer só transar comigo. Ótimo, eu só quero isso também!

Não é o número de encontros que define se ele permanecerá pra sempre com você

Sou puta sim

Eu acho que fazer sexo é tão essencial quanto respirar. O ato em si é de uma magnitude incrível. Quando os dois estão na mesma vibe o negócio flui, e se for bom para os dois, rolarão mais vezes.

Que fique bem claro que eu acredito no amor e em um relacionamento a dois. Não quero tirar isso de vocês. Mas o que seria do amor sem o desejo? Os dois caminham lado a lado. O fato de eu ser puta, não diminui o meu amor pela família, não me diminui como pessoa.

Você vai gostar de: Eu não sou obrigada

Isso é o que devemos aprender! A vida é tão curta pra gente se apegar em detalhes. Não faz o menor sentido ficar se guardando. Claro que quando eu encontrar uma pessoa da qual eu goste de verdade, esse negocio de ser puta não vai adormecer, mas eu vou querer ser a puta só dele…

“-Ah Mariana, tem que ser dama perante a sociedade e puta na cama.”

Vou ser puta nos dois, eu controlo meu corpo, sou minha. Minha filosofia de vida consiste no seguinte: enquanto eu não achar alguém que balance minhas estruturas, não ficarei contendo meus desejos. E quando isso acontecer, meus desejos serão dele.

Existe uma diferença em ser puta e ser infiel.

Acho muito mais bonito admitir que sente desejo, do que admitir que traiu a pessoa que você gosta. Eu espero que um dia, todos esses rótulos sejam extintos e que nós mulheres não precisemos nos esconder atrás de uma imagem de boa moça.Sou puta sim e quem não gosta é que tem que se resolver com isso - sexo - gif- tumblr - safada - vadia-iloveimg-compressed

Que sejamos nós mesmas, que aproveitemos a vida da melhor maneira. Que sejamos desejo, pele e tudo que quisermos. Sem limitações, sem nos importamos com o que as pessoas vão falar.

Você não pode deixar de ler: Medo de ser taxada de puta

E você mulher, que ta lendo e concordando. Sabe que o fato de transar por prazer não interfere no teu caráter e em absolutamente nenhum outro aspecto. Não vai compartilhar esse texto para que os outros não pensem que você é uma puta. Entende? É a isso que estamos condicionadas!

Isso que você chama de puta, nós chamamos de bem resolvidas, desligadas desse culto que os homens fazem da preservação da nossa vagina. Sabe o que você faz com essas pessoas que julgam que você não se valoriza? Deixe-os fora da lista de pessoas com quem você possivelmente se relacionaria, e ponto. Posicione-se amiga! Fale sobre isso pra que as pessoas PENSEM. Porque já deu! Sabemos quem somos e quem não gosta é que tem que se resolver com isso!

Leia mais