O namoro acabou? A culpa não é sua!

O namoro acabou? A culpa não é sua!

Depois de tanto tempo o seu mundo passou a ser só seu novamente. Parece um tanto fora do contexto não ter mais aquela pessoa por ali, perguntando como você está, te enchendo de carinhos, beijos e companhia. É estranho, mas você precisa dar o próximo passo e deixar para traz o que não deu certo. É momento de você seguir o seu próprio caminho.

Uma explosão de lembranças invade a sua mente, a fim de que você encontre o motivo do término. “O que eu fiz de errado? ”, você se questiona. Mas calma, respira, a culpa não é sua.

Relacionamentos são construídos à dois. Eles se baseiam em aspectos mútuos, gerados por crescimentos, responsabilidades e interesses mútuos. A vontade de concertar erros e de costurar feridas deve partir dos dois. Se no meio do caminho algo deu errado, a culpa não é sua, você não pode se considerar exclusivamente responsável por algo que não é só seu.

Claro, um sempre vai ser mais explosivo que o outro, ou mais ciumento, ou até mesmo com mais dificuldades de perdoar. Entretanto, o comportamento de um é o reflexo do outro, e isso serve para ambos. Por conta disso, uma atitude vai desencadear uma reação, que será posteriormente refletida em uma outra atitude, e assim por diante. Se nessa troca já não houver um equilíbrio positivo, os problemas podem tomar conta do convívio.

Atitudes negativas desgastam

casal brigando

Quando um relacionamento chega ao fim ele já estava recheado de atitudes negativas há um certo tempo. Assim, os dois tem um percentual de culpa, já que cada um teve a sua escolha independente. Por mais que o meio nos influencie nós temos a consciência de nossos próprios atos, assim como o outro. O choque e a troca de atitudes negativas podem ser mudadas sim, mas ela precisa ser uma via de mão dupla, sempre.

Ao nos depararmos com tais atitudes nos sentimos tristes, desgastados, sem vontade de estar com o outro. Essas emoções se tornam inconscientes, afetando nossos comportamentos. E sem nem perceber, acabamos agindo de forma desnecessária. É a emoção se apoderando de nossos atos, agindo por nós mesmos. Isso vai muito além do nosso racional.

Se desprenda da culpa

namoro acabou

Acumular emoções que fortaleçam a nossa visão de ter tentado fazer algo diferente não vai te levar a lugar nenhum. Você não precisa guardar essa culpa, muito menos se castigar. Essa tortura te leva pra longe da cura, te fazendo perder oportunidades que podem passar bem em frente aos seus olhos. A sua responsabilidade é com a sua própria vida, com o teu bem-estar.

Mas vale lembrar, que aprender com os erros é extremamente importante. Mesmo que eles não sejam só seus. Nos próximos relacionamentos você não vai repetir o que não deu certo. Tudo serve de experiência e as experiências são a maior riqueza que você vai encontrar nessa vida.

Não se esqueça de viver

Correndo pela estrada

Esse é um bom momento para aprender um pouco mais sobre você mesmo. Refletir sobre as tuas próprias atitudes, sobre o que te motiva e o que te faz bem é importante para acender uma nova fase. Se ame, compre mimos pra você e entenda que o mundo não vai acabar. O tempo cura sim, acredite nisso.

Se você se sentir sozinho, abra ainda mais o seu coração para as suas amizades, os amigos servem para dar apoio e estar ali com você em momentos como esse.

Muitas pessoas, quando namoram, acabam priorizando a relação e se sentem sozinhas quando o namoro acaba. Se esse é o seu caso, aproveite para reviver amizades deixadas de lado. E além de valorizar os amigos antigos crie novos laços, conheça pessoas diferentes.

Só quem vai conseguir te tirar da tristeza é você mesmo. Amigos, família e a troca de ideias podem te ajudar, mas só você consegue mover as suas próprias pernas para alcançar o caminho da paz interior. Então, tente, ao menos tente. Não adianta se martirizar pelo que aconteceu, agora já passou. Não se esqueça: nossos olhos sempre estão apontados para frente.

Leia também: Esqueça a solidão e dê um mergulho em você

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Tags : a culpa não é suaAcabou o amorFim de namorofinal de namoroMayra Limao namoro acabourelacionamentostérmino de namoroTermino de relacionamento