Não é amor quando um ama por dois

Hoje é dia 4, início de mês e fim de histórias. Talvez tenha chegado a hora. Todo livro tem um fim, toda história termina. Não ponho reticências se os personagens clamam ponto final. Nem sempre o amor verdadeiro se faz entre duas pessoas. Não é amor quando um ama por dois.

Amar, não é empolgação. Eu sei que vai além, e eu ainda amo. Quando eu “juro amor eterno” à alguém, não desamo ou trato “assim”. Eu amo de verdade, amo com o amor do dicionário. “Afeição profunda a outrem, a ponto de estabelecer um vínculo afetivo intenso, capaz de doações próprias, até o sacrifício”. E eu sacrifiquei o que restava do meu coração.

Leia também: O problema é esperar do outro o que nem ele espera de si

Eu disse e repeti: “ele é a última vez que eu tento”. Palavras ao vento. Não posso deixar ninguém destruir todo o amor que há em mim. Fiz tanto por você… Faria tanto por você… O problema não é ser poeta e não ter aprendido amar, poeta. O problema é aceitar o amor que julga merecer e achar que merece tão pouco.

Eu desejo que você encontre alguém que aceite sofrer por você, assim como já encontrou e deixou se esvair. Eu peguei outro rumo, amar não é só sofrer. E eu sofri demais. Foi amor aí? Eu desejo que não lhe falte vontade de viver e esperança de dias melhores.

Desejo

Desejo que encontre alguém que te faça sorrir, mesmo que esteja baleado, esfaqueado, em maltrapilhos (tanto você, quanto o ser). Desejo que quando encontrar a pessoa que procura, valorize-a. Desejo todo amor que houver nessa vida.

Desejo que você viva. Desejo que você precise só de você e que saiba ser feliz assim. Desejo que você tenha uma vida linda. Desejo que você seja exageradamente feliz. Desejo que um dia a gente se esbarre, converse, lembre de como foi tudo e que nossas risadas não nos deixe respirar. Desejo que você encontre o amor além do prazer e empolgação.

Desejo que seus sonhos não se desfaçam. Desejo que seus sonhos se realizem. Desejo poder comprar um livro seu. Desejo poder comprar vários livros seus. Desejo poder levar meus filhos pra conhecer o trabalho de um médico. Desejo que esse médico seja você. Desejo que você seja muito você. Desejo que você seja verdade. Desejo que os seus desejos, sejam os de um outro alguém, também.

Ainda lhe desejo tudo de bom (se por um acaso ver). Todo amor que houver nessa vida, Caju.

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

SHARE
Previous articleNão abra mão de ser sincero
Next articleTinder : Acho válido todo tipo de tentativa para encontrar alguém interessante
Sempre digo que me sinto num anúncio de Jornal quando tenho que me descrever. "Karen, 21 anos, seios médios, faço tudo.." Isso é bem difícil. Futura Delegada Federal. Para garantir, vou ser escritora também, né?! Só assim vou poder ser tudo o que eu quiser ser! Bom.. Amo o amor, amo o Cazuza (MAIS QUE A MIM), amo o exagero de ser simples.. Me leiam e me interpretem da maneira que preferirem, mas tirem algo bom de tudo. É assim que eu levo a minha vida. Felicidade.