Não existe fase pra namorar

Você pode achar que para um relacionamento dar certo as duas pessoas precisam estar prontas. E seria muito saudável se as pessoas só entrassem em uma relação quando de fato estivessem maduras pra isso. Mas a verdade é que estar pronto para um relacionamento pode levar a vida inteira. Por isso na maioria das vezes você se prepara no caminho, no durante.

É possível que você não esteja esperando pelo amor por diversos motivos. Pode decidir que se apaixonar não é a melhor coisa nesse momento, pois a sua prioridade é conhecer pessoas novas, curtir os amigos, aproveitar a própria companhia e não depender de ninguém para fazer suas escolhas.

Ou não quer se envolver por ter acabado de sofrer uma decepção amorosa. O que também não é vergonha para ninguém. Inclusive é uma escolha justa para você se reencontrar e colocar algumas coisas no seu devido lugar. Mas usar qualquer um desses motivos para justificar cair fora depois de conhecer uma pessoa legal não tem lógica.

Aliás, só tem um motivo para você conhecer uma pessoa, gostar de tudo nela -ela retribui isso-  e você decidir cortar relações: Você não estava realmente a fim de ficar com ela.

Ninguém resiste quando está a fim

casal apaixonado se beijando

E não tem santo, ou deus que desça à terra e me faça acreditar no contrário. Porque a pessoa que quer ficar com você demonstra e não tem vergonha do que sente.

Não existe fase pra namorar porque a pessoa dá a entender o quanto você é maravilhoso ou maravilhosa. Conta as horas e os dias da semana para poder te ver e não vai segurar aquela mensagem com medo do que você pode pensar. Até porque ela quer mesmo que você perceba o interesse.

Quem quer não disfarça, não faz joguinhos. Se quer ficar fica e ainda convida pra sair de novo. Já diz a sabedoria popular “quem quer arruma um jeito e não uma desculpa”, não é?

Não existe fase pra namorar.  Mas isso não quer dizer que você não pode iniciar algo com dúvida e depois evoluir para um relacionamento maravilhoso. Até porque temos os nossos medos também, e o maior deles é que não “dê certo”.

Dar certo ou não é algo que se torna relativo com o tempo

mãos dadas de casal

Porque uma hora (talvez muito tempo depois) você consegue pensar que foi bom e valeu a pena. Acaba entendendo que aquilo ensinou algo importante sobre você e sobre o que realmente deseja em um relacionamento.

A “hora certa” para um amor é aquela em que as duas pessoas estão disponíveis para isso. Em que ambas dizem sim uma para outra sem ter que usar palavras.

O negócio flui e você não racionaliza muito. Apenas deixa acontecer porque gosta do que está acontecendo. E se envolve de um jeito diferente com a pessoa, a ponto de tudo nela se tornar muito especial.

E se não “der certo”, você precisa recolher os caquinhos, colocar a sofrência no ultimo volume e dar sentido a letra de pagode. Mas também ter maturidade pra olhar pra trás e entender que foi amor, que aconteceram coisas boas e o que foi ruim nos ensinou uma grande lição.

Agora me conta o que você acha sobre isso! Deixe a sua opinião sobre esse assunto aqui nos comentários.

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Tags : Dar certoHora certaMedo de se apaixonarNão existe fase para namorarPatrícia GuolloPessoa certarelacionamentos