Não foi só sexo

Não foi só sexo, não é e nunca foi só sexo. É a sede de dois corpos quentes que se encontram em um abraço. São gemidos, beijos, sorrisos, mas não é só sexo. São arranhões, suspiros e respirações descontroladas, mas não é só sexo, claro que não.

Foi saudade, vontade, paixão, ânsia. Foi a vontade de não sair mais da cama, não foi só sexo porque depois que acabou ficamos lá um nos braços do outro, porque somente aquilo bastava.

O silêncio com apenas os barulhos de nossas respirações tentando se normalizar bastavam. Seu cheiro em mim e o meu cheiro em você. Não foi só sexo, não depois daquele beijo, não depois de nos olharmos como se enxergássemos a alma um do outro.

Eu poderia ficar falando repetidas vezes sem parar que não foi só sexo

não foi só sexo

Porque é muito mais que isso. O bom mesmo é deitar no peito do outro enquanto aninhamos uma perna na outra até não saber mais qual perna é de quem. Qual batida de coração está mais acelerada, qual dos dois anseia mais por aquilo e qual dos dois quer repetir aquilo todos os dias.

Só sexo não é o que fazemos, só sexo é: “Oi”, “gozei”, “tchau”. O que tivemos é: “Oi”, “gozei”, “fica”. E queremos repetir isso todos os dias, todos os dias por vinte e quatro horas só pra provar que não é só sexo. São duas almas trancadas em um corpo vagando por ai e querendo se encontrar. Causando uma explosão cada vez que se olham nos olhos. E isso é amor.

Leia também: Quero dividir mais que o fone de ouvido com você

Sexo é nossa troca de olhar em público, são as piadinhas e risadas irônicas. Sexo é nosso ciúme idiota. Mas amor é sofrer, chorar, enfrentar o mundo ao lado do outro.

Amor é tudo aquilo que dizíamos que não era e é. Amor é perdoar, é ver o outro dormindo ao seu lado e sussurrar uma musica em seu ouvido mesmo que ele não ouça.

Sexo é gozar e implorar para aquilo acontecer de novo. Amor é gozar e implorar que aquilo nunca acabe. O mundo inteiro é sexo, mas nós somos amor.

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Tags : Carol ParisNão foi só sexorelacionamentos