Não podemos mais nos calar

Não podemos mais nos calar

Piadas, maldizeres, xingamentos, julgamentos. É difícil ter quem se posicione contra aquela piadinha machista do amigo no bar. Que alerte o amigo que mostra a foto da menina nua, como quem mostra um pedaço de carne, que é errado. Difícil ter gente que realmente entenda nossa luta! Não podemos mais nos calar!

Entretanto, lutamos nós mesmas, todos os dias. É uma luta constante, um medo assombroso de andar sozinha na rua. O nosso coração quase para quando nos vemos sozinhas e um homem vem em nossa direção.

Ir de ônibus é um perigo quando descemos no ponto tarde da noite. Afinal o que será que vem pela frente? Ahh, a solução é pegar táxi! E quem não pode pagar um, faz como?

Denunciar? Exageradas!

nao-podemos-mais-nos-calar

Vão rir da nossa cara, dizer que é mentira, que somos loucas, que estamos blefando, aumentando. Mas não podemos mais nos calar, não mais!

De agora em diante, não quero mais que me chamem de louca quando eu luto por igualdade, direitos, voz e principalmente para que o respeito prevaleça!

A rua também é nossa! Tire o machismo do caminho que vamos passar. E não somos poucas, somos trinta, quarenta, mil, milhares!

Vamos ser chatas, “mimizentas”, malucas. Vamos as ruas, abriremos o peito e soltaremos a voz. Nosso corpo é nosso, e o respeito também, por direito. Não ouse tocar no que não te pertence.

Ficou um nó na garganta, um aperto no peito, uma angustia. Não foi com uma, mexeram com todas.

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Tags : AtitudeEmpoderamento femininoNão podemos mais nos calarThais Cordeiro