Puta, safada, vadia

Antes de começar esse texto te peço para se inscrever em nosso canal no YouTube, lá a gente fala um pouco mais sobre temas como esse, de uma forma mais descontraída, se inscreve lá… (clique aqui)

Puta, safada, vadia, é do que chamam aquela menina que caiu na NET. Puta, safada, vadia, é do que chamam aquela mulher, que transou com dois homens. Puta, safada, vadia, é assim que chamam aquela garota que viram transando no estacionamento da balada.

mulher-puta-safada-vadia-cama-triste-tumblr- Puta, safada, vadia

“Fodão!”

É assim que chamam o cara que divulgou na NET as fotos e vídeos da menina. Que transou com duas mulheres. Que “comeu” a garota no estacionamento da balada. Uma mesma atitude, dois julgamentos, duas sentenças diferentes…

Mesmo com toda liberdade e direitos que conquistaram. As mulheres ainda sofrem discriminação, principalmente, quando o assunto é sexo. Julgamentos pré históricos de homens e mulheres, mesmo que esses tenham telhados de vidro.

Condenam os desejos e as fantasias sexuais femininas, apedrejam por suas realizações.

Venha ler: Sou puta sim e quem não gosta é que tem que se resolver com isso

Não se importam se aquela puta, safada, vadia…

Seja uma filha exemplar, uma mãe protetora. Não se importam, se aquela puta, safada, vadia, for aquela menina que ajuda famílias carentes. Se for aquela mulher que leva carinho as crianças no orfanato, se for aquela garota que leva amor aos idosos no asilo.

mulher-triste-cama-puta-safada-vadia-caiu-na-net-tumblr- Puta, safada, vadia

Isso tudo enquanto, muitas das vezes, quem julga não contribui em nada por uma sociedade melhor.
Por favor, paremos de julgar! Vamos deixar homens e mulheres terem os mesmos direitos, de sentirem tesão, de terem desejos e fantasias sexuais. E principalmente, que tenham o direito de realizar suas vontades. Afinal, no sexo, só o que não pode é o sexo sem consentimento!

[/sociallocker]

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

COMPARTILHAR
Artigo anterior7 Verdades que você nunca contou para o seu pai
Próximo artigoSou puta sim e quem não gosta é que tem que se resolver com isso
Formado em engenharia elétrica e atuante na área, usa a escrita para extravasar a intensidade em seus sentimentos, que são extremamente exagerados. Bohemio, gosta de reunir os amigos na mesa de bar e debater assuntos mais complexos com um olhar filosófico até ver o sol raiar, e se possível levar tudo isso para o papel...