Quando o conto de fadas vira realidade

Quando o conto de fadas vira realidade

Era pra ser mais um beijo em uma noite qualquer. Foi nessa expectativa que me apeguei, só para não dar brecha para esse meu coração trouxa achar que algo mais pudesse acontecer.

Na verdade queria muito acreditar que fosse alguma pegadinha da vida. Ou pelo menos gostaria de ter percebido isso cedo o suficiente para não embarcar em mais uma furada, já que eu nunca tive sorte no amor.

Poderia não ter me deixado levar pelo seu jeito doce e carinhoso, ou por sua opinião sempre sincera e tão realista sobre as coisas.

Claro que nada aconteceu como planejado

E a boba aqui achando que ia controlar suas emoções dessa vez. Que nada! Embarquei como quem entra na montanha russa de olhos fechados e com medo, mas que quer sempre repetir a dose no final.

E imagina, logo eu, a pessoa mais cansada e preguiçosa da face da terra não queria dormir. Preferia ficar acordada e virar a noite conversando no celular, mesmo tendo que trabalhar no outro dia.

Simplesmente conseguia passar horas apenas ouvindo você falar, sem eu entender nada, só para ouvir a sua voz. E foi esse som que me deu uma paz e um conforto que nunca tinha experimentado.

Leia também: Namore alguém que se divirta com você

E eu que achei que com o tempo essas coisas se apagariam, me vejo olhando as nossas fotos com aquele mesmo sorriso bobo e perguntando para mim mesma se você existe.

Logo eu que pensei estar fadada a relacionamentos destrutivos, a ter que fingir ser alguém que não sou, a me adaptar aos outros. Acabei entrando em um relacionamento tranquilo, que me deixa bem ao invés de me tirar a paz. Uma relação onde posso ser eu mesma e me sentir bem com isso.

Sigo feliz por tudo que vivemos juntos

E também me sinto grata por tudo que vivi antes de chegar aqui. Afinal de contas, se tudo tivesse dado certo, não seria eu mesma. Provavelmente não teria encontrado você e acreditado novamente no amor.

As declarações de “inicio de namoro” se fixaram em nossos dias, em nossos meses, em nossos anos. As conversas infinitas e todos os detalhes do meu dia eu continuo a contar primeiramente pra você.

O seu beijo é o melhor e mais apaixonado e o melhor abraço do mundo continua sendo aquele de saudade. O calor do teu peito ainda é o meu aquecedor predileto e espero que esse olhar que eu amo tanto, continue me acolhendo pelo tempo que a vida nos permitir.

Leia também: Não foi pela sua beleza que me apaixonei

Nem eu, romântica como sempre, poderia imaginar viver algo tão bom assim. Um “feliz pra sempre” vivido cada dia como se fosse o final da história. Depois de acontecer um monte de merda, os vilões se dão muito mal e o casal apaixonado segue feliz.

O feliz pra sempre acontece sim, todos os dias que passo do teu lado. E mesmo que um dia a gente faça um final diferente, saiba que fomos a melhor história. Porque em um mundo rodeado de mentiras e de pessoas que falam demais, vivemos como se não houvesse nada além de nós.

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Tags : Amorconto de fadasPati GuolloPatrícia GuolloQuando o conto de fadas vira realidaderelacionamentos