Se você quiser voltar pra ela

Cara, você sabe que fez tudo errado. Que foi o babaca completo, e que por isso, ela foi embora. Você não tinha reparado que ela era a mulher que você tanto queria. Não tinha percebido que a cor dela combinava perfeitamente com a sua. Mas agora que ela não está mais aí, você percebeu. Ela tinha deixado tudo mais florido, e quem dera ter aquelas flores de volta.

Agora, você quer voltar pra ela, e não sabe o que fazer. Está com medo de ser tarde demais. E ela te olhar nos olhos e dizer que você já não é mais aquele rapaz que mexia com ela, e que não sente mais nada. Hoje você só queria tentar viver tudo aquilo que não quis antes, e não sabe se vai poder.

Você conheceu outras mulheres interessantes, inteligentes e bonitas. Porém todas tinham o mesmo defeito: nenhuma delas era ela. Nenhuma delas te arrancou a mesma risada boba, ou te fez ter vontade de ser o maior comediante do mundo só para faze-la rir.

Todas elas se mostraram interessadas. Mas nenhuma delas te olhou daquele jeito que ela olhava, como se você fosse o cara mais legal do mundo. Agora você adoraria ser capturado por aquele olhar, novamente.

Nenhuma mulher vai ser ela,

E só agora que você notou que isso é um problema. E que toda a sua busca tem sido em vão, porque você tem procurado algo que já encontrou. E perdeu por não ter percebido isso.

Leia também: Não foi pela sua beleza que me apaixonei

Mas ainda assim, eu não vou te dizer para simplesmente desistir dela, afinal ela insistiu tanto em ti. Se você quiser mesmo voltar pra ela, tente. Só que primeiro, se pergunte se você vai ser verdadeiro. Ela não merece nada daquilo que você fez. E se for para você voltar daquele jeito, nunca volte.

Ela te mandava mensagens no final de semana, perguntando o que você ia fazer, na esperança de você a convidar para sair. Você desdobrava, dizia que estava doente, ou que tinha um churrasco de amigos. Uma viajem, visita em casa, inventava qualquer coisa e dizia que não ia dar.

Depois as amigas a contavam que te viram na balada ou no bar, você inventava as suas desculpas e ela continuava ali, na esperança de que você começasse a levar ela a sério e a amasse como ela queria ser amada.

Mas você, meu rapaz, “abusou da regra três, onde o menos vale mais”,

E ela cansou. Foi embora. Botou um sorriso no rosto e te mostrou que sem você ela passa bem demais, e saiu cantarolando: “Olhos nos olhos, quero ver o que você diz. Quero ver como suporta me ver tão feliz”. E não está mais disposta a abrir mão da felicidade dela, por homem nenhum.

Então, se você acha que quer voltar pra ela, certifique-se disso. Porque talvez, ela não tenha mais paciência nem para as suas certezas, imagine para as suas dúvidas. Se você quiser muito voltar pra ela, você deve tentar. Mas lembre-se de todos os seus erros, e entenda que ela não merece e não quer mais nada disso.

Sabe, se você não consegue parar de pensar na mulher incrível que ela é e que você deveria ter tentado. Tente voltar pra ela. Não deixe que essa mulher passe o resto da vida só com as lembras daquele cara babaca. Vá atrás dela. Corra. Mostre que você está disposto a ficar. E diga a ela tudo que você deveria ter dito há muito tempo.

Você pode gostar de ler: Se é pra doer, faça a letra de pagode fazer sentido

Você corre o risco de não encontrá-la mais disposta a te querer, mas vai ser um dos riscos mais lindo da sua vida. Melhor tentar agora, e levar um não pra casa, do que conviver o resto da vida com um talvez. Vá, e diga ela que a realidade é que sem ela não há paz, não há beleza. É só tristeza e a melancolia que não sai de ti, não sai de ti, não sai.

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAquilo que só a gente sabe
Próximo artigo5 sinais de que a culpa por estar solteira é sua
Apaixonada por astrologia. Áries com ascendente em Áries, regida por Marte. Nascida numa terça-feira, que também são regidas por ele, o Deus da guerra. Filha do planeta vermelho e amante de Netuno. Moça laranja que ama azul. Uma louca que entende que a loucura é também uma forma doce de viver. Impulsiva, bagunçada, perdida; totalmente na contramão. Fora do eixo. Escrevo para me ver de frente.